Notícias

12 setembro, 2021

Sindicato dos Bancários faz protesto contra demissões e assédio moral no Itaú

Na manhã desta quinta-feira (09/09), o vereador Augusto Vasconcelos (PCdoB), participou da manifestação, realizada pelos empregados do banco Itaú, intitulada #QueVergonhaItaú. Mesmo com lucro de R$ 12,94 bilhões nos primeiros seis meses de 2021, o maior banco privado do país demite, pressiona e assedia cada vez mais os empregados levando o adoecimento dos funcionários.
A mobilização aconteceu na agência da Pituba, na praça Nossa Senhora da Luz, em Salvador e, além de denunciar as metas abusivas reivindicou o fim dos desligamentos: somente em setembro, o Itaú demitiu 17 trabalhadores no Estado. “Já pautamos o assunto com a direção do banco e já estivemos com a Fenaban tratando das demissões no sistema financeiro, que perdeu nos últimos cincos anos 40 mil postos de trabalho”, disse o vereador Augusto Vasconcelos, também presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia.

Para Augusto é muito evidente o processo de enxugamento das agências. Os bancos sempre alegam que tem relação com a tecnologia, mas nas unidades é visível a necessidade de mais funcionários para atender os clientes.
Vale lembrar que o Itaú fechou 114 agências físicas no Brasil em um ano e ainda promove uma reestruturação através de uma política perversa e desumana, que só adoece os trabalhadores, além de fechar agências, alterar funções, pressionar por metas e ameaçar com mais desligamentos.

FALE COMIGO
Mande sua ideia e ajude a contruir uma cidade mais justa.
Faça parte dos nossos grupos: