Notícias

19 novembro, 2021

Augusto Vasconcelos se solidariza com professores da Faculdade 2 de Julho

Na última quarta-feira (17/11), o Sindicato dos Professores do Estado da Bahia (SINPRO-BA), realizou Assembleia Geral dos Professores da Faculdade 2 de Julho. A Assembleia teve o objetivo de reivindicar o descumprimento de algumas obrigações trabalhistas e previdenciárias por parte da Faculdade, bem como o atraso de salário, de pelo menos seis meses, desses profissionais.
Com mais de 91% dos profissionais presentes, o encontro aprovou uma greve, por tempo indeterminado, que deverá ter início na próxima segunda-feira (22/11).
Além de lutar pelo pagamento integral dos salários atrasados de 2021 e a suspensão das demissões de professores até a quitação desses salários, a categoria cobra maior transparência e diálogo por parte da gestão, bem como o pagamento e recolhimento das parcelas do décimo-terceiro, férias, FGTS e INSS, assim como regularidade dos pagamentos mensais.
O vereador Augusto Vasconcelos (PCdoB), que também é presidente da Comissão do Trabalho, Emprego e Renda, tem defendido os direitos dos trabalhadores assiduamente e se solidariza com os profissionais da educação que tem tido seus direitos negligenciados pela Instituição. “É um absurdo o que estão fazendo com esses profissionais que dedicam suas vidas pela educação. Sou professor universitário e já enfrentei processo semelhante em uma determinada faculdade privada que também deu calote nos trabalhadores. Enquanto Presidente da Comissão do Trabalho, Emprego e Renda vou envidar todos os esforços para que tenhamos uma solução para esse impasse”, disse Augusto.

FALE COMIGO
Mande sua ideia e ajude a contruir uma cidade mais justa.
Faça parte dos nossos grupos: