Notícias

20 junho, 2021

Augusto Vasconcelos defende acesso à internet para estudantes e professores de escola pública

Mais uma vitória da educação. A lei 14.172/20, que destina R$ 3,5 bilhões para acesso à internet por alunos e professores rede pública, foi promulgada em 11 de junho. O valor faz parte dos recursos do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (Fust).
A União transferirá a verba para Estados e para o Distrito Federal, em até 30 dias, para que os recursos sejam aplicados de forma descentralizada e, o dinheiro que não for aplicado até 31 de dezembro de 2021 retornará aos cofres da União até 31 de março de 2022. Essa verba irá financiar a contratação de pacotes de dados para celular que permitam a realização e acompanhamento de atividades não presenciais pelos alunos.
Na Câmara Municipal de Salvador, o vereador Augusto Vasconcelos apresentou o Projeto de Lei Complementar (PLC 2/2021) que visa melhorar as condições de trabalho para os professores e ampliar o acesso dos estudantes mais pobres à internet e equipamentos para assistirem às aulas remotas na rede pública. Para Augusto, os profissionais da educação estão trabalhando sem direito à desconexão e tendo que arcar com o aumento dos custos em suas casas. _“Ao mesmo tempo, milhares de estudantes continuam sem acesso aos conteúdos. Nossa proposta prevê a superação dessas dificuldades, com investimentos que viabilizem a democratização do acesso ao ensino”_, acrescentou Augusto.

FALE COMIGO
Mande sua ideia e ajude a contruir uma cidade mais justa.
Faça parte dos nossos grupos: